Usando a Ciência para Salvar o Planeta: Uma Entrevista com a Dra. Vandana Shiva (em híndi)   
 
Usando a Ciência para Salvar o Planeta: Uma Entrevista com a Dra. Vandana Shiva (em híndi)  

Espectadores amantes da Terra, bem-vindos a Boas Pessoas, Boas Obras.  Hoje, nosso show apresenta Dra. Vandana Shiva. Uma nativa da Índia, Dra. Shiva é conhecida como ambientalista que tem trabalhado incansavelmente por anos para preservar nosso lar planetário.

Ela tem sido internacionalmente reconhecida pela suas realizações ecológicas, incluindo de ter recebido o Prêmio Internacional do Dia da Terra das Nações Unidas e o Prêmio do Direito do Sustento, também conhecido como o “Prêmio Alternativo Nobel”. Ela também é autora “best-selling”, com tais livros com seu nome como “Solo Não Óleo,” “Democracia da Terra,” e “Permanecendo Viva: Mulher, Ecologia, e Desenvolvimento.” Em 1987, Dra. Shiva, que é vegetariana começou Navdanya, uma organização que promove a paz, harmonia, justiça, e sustentabilidade procurando a proteger a biodiversidade da nossa eco-esfera. A afirmação da missão da organização é o seguinte:

“Para proteger a natureza e direitos das pessoas para o conhecimento, biodiversidade, água e alimento.” Em uma entrevista com a Supreme Master Television em Déli, Índia, Dra. Shiva compartilha suas perspectivas da significância da conservação através do som ecológico da prática de cultivo. 

Dr. Shiva (f): Originalmente sou uma física nuclear e física quântica. Mas nos últimos 35 anos, eu dediquei a minha vida em proteger a Terra.

Dr. Shiva (f): Eu comecei duas instituições. A primeira, uma pesquisa corporal de interesse público chamado a Fundação de Pesquisa para Ciência, Tecnologia e Ecologia. Eu queria que a ciência trabalhasse para as pessoas e trabalhasse para proteger a planeta. Então eu criei esta pesquisa corporal ecológica independente.

Em 1987, eu comecei Navdanya que significa “nove sementes” bem como “o novo presente.” Nove sementes têm um profundo significado cósmico em Índia, porque eles relacionam-se ao equilíbrio planetário, cultivando nove culturas no seu campo e mostrando que você tem biodiversidade no seu campo, você está protegendo a Terra.

Mas a diversidade da cultura também significa um equilíbrio nutricional para nosso corpo. Então desde o Universo até nossos corpos, é uma questão de harmonia, paz e equilíbrio.

Apresentador: Nos últimos 29 anos, membros de Navdanya têm crescido em mais de 70.000 famílias fazendeiros em treze estados da Índia. No estado de Uttarakhand sozinho, 60.000 fazendeiros têm convertido para o cultivo orgânico através dos esforços de Navdanya.
 
Atualmente, Navdanya tem treinado mais de 200.000 fazendeiros neste método da agricultura. Através dos bancos de sementes, Navdanya tem conservado mais de 2.000 variedades indígenas de arroz e 50 tipos de vegetais nativas bem como diferentes tipos de espécies de árvores e plantas medicinais.

Dr. Shiva (f): Eu comecei a guardar sementes em 1987 através de Navdanya, porque eu assistia  como centenas de milhares da nossa diversidade de culturas estavam sendo destruída por agroquímicos, para engenharia genética.

Eu vi como 200.000 variedades de arroz que Índia usava tem sido reduzida para apenas uma mão cheia, como 1.500 variedades de trigos que usávamos foram reduzidos para uma ou duas variedades de grãos. Em nenhum lugar do mundo os cidadãos querem comer alimento geneticamente modificado com genes de bactéria e genes virais e genes de câncer. Todos querem alimento saudável que é bom para a mente e bom para o corpo.

Dr. Shiva (f): Eu protejo a diversidade porque eu vejo-nos como uma parte da família Terra. Estes são nossos parentes. Plantas, animais, micróbios, são todos parte da grande família Terra.

Apresentador: A mudança climática realmente afeta todos nós e as ações imediatas são necessárias para diminuir este efeito.

Dr. Shiva (f): Os cálculos estão ali no Painel Intergovernamental da Mudança de Clima, se esta atual tendência continuar, em torno de 2050, a metade da espécie deste planeta irá desaparecer. Isto é uma extinção muito, muito grande.

Espécies estão desaparecendo nos mares à medida que os oceanos ficam mais quentes. À medida que os oceanos tornem mais ácidos, os corais estão morrendo. Eu tenho visto o meu próprio pomar de manga sendo morta por um veranico intenso no último inverno. Temos muito pouca chuva ou chuva demais, muito frio ou muito quente, a biodiversidade sofre. O planeta, este Planeta mágico, é o planeta que possui a vida que tem, por causa da habilidade de regular a temperatura dentro de certo equilíbrio. Nossa poluição está além da zona que a vida possa sobreviver neste planeta. E a mudança climática é claro é uma ameaça a espécies do planeta. Mas nós somos um entre as espécies, nós estamos ameaçando nossa própria sobrevivência.

Apresentador: Nossa preciosa floresta está sendo derrubado para cultivar culturas, particularmente para alimentar bovinos, com pequenos pensamentos até as últimas conseqüências. 

Dr. Shiva (f): Está se crescendo através da derrubada de Amazônia, está crescendo através do corte das florestas tropicais na Indonésia e Malásia. Não apenas que está liderando para a emissão de em torno de 18% porque as florestas estão sendo queimados, eles estão criando gases do efeito estufa adicional, mas o maior problema é que estes são os pulmões do planeta.
 
Estas são as maiores fontes de absorção do dióxido de carbono. Estes são os reguladores do clima, temperatura, chuva, vento e padrões climáticos. E se a Amazônia for, nós não teríamos nossos pulmões, nós não teremos nossos fígados, nós não teremos nosso coração. Existe outra forma no qual o alimento é conectado a mudança climática. Nos meus cálculos, a agricultura industrial que é globalizado está contribuindo em torno de 25% da mudança climática. E além disso, está nos fornecendo maus alimentos. 

Apresentador: Quando Boas Pessoas, Boas Obras retornar, nós escutaremos da Dra. Shiva sobre o que podemos fazer para salvar nosso planeta e todos seus habitantes. Por favor, fique ligados na Supreme Master Television.

Dr. Shiva (f): Podemos apenas resolver as crises da alimentação através da produção de alimento sustentável, produzir alimento local e garantindo que as pessoas e a democracia tenham controle sobre sistema do alimento.

Apresentador: Bem-vindos de volta a Boas Pessoas, Boas Obras à medida que continuamos a nossa discussão com a Dra. Vandana Shiva, uma reconhecida ambientalista e fundador de Navdanya. Dra. Shiva  agora compartilha os seus pensamentos com a ligação entre a mudança climática e as crises global do alimento.

Dr. Shiva (f): Quando a mudança climática é falada, pessoas usualmente pensam dos gases que estão sendo emitidos dos carros ou estações de energias. Mas a grande parte da mudança climática está relacionada a forma que nós cultivamos nossos alimentos hoje. Alimento industrial, crescimento de alimento com fertilizantes químicos que são derivados de combustíveis fósseis, eles usam óleo para produzi-lo.

Então quando são colocados no solo, o oxido de nitrogênio move para a atmosfera e cria a mudança climática, porque é 300 vezes mais letal do que o dióxido de carbono. Estamos criando mudanças climáticas a partir das nossas próprias fazendas. O que isso significa é que o alimento agora cultivado, não deveria ser cultivado.

Apresentador: Cultivando alimento orgânico tem inúmeros benefícios para nossa Terra e melhora a saúde da sociedade.

Dr. Shiva (f): O melhor alimento é o cultivo orgânico do alimento; o melhor alimento é o alimento cultivado localmente, de acordo com nosso gosto e nossas culturas; E o melhor alimento é aquele cultivado sem combustível fóssil. Se nós trocássemos a agricultura convencional para cultivo ecológico orgânico, é a única forma de cultivar alimento que é sagrado para alimentar no nosso corpo sagrado.

Se nós fizéssemos a troca para aquele tipo de cultivo de alimento que os seres humanos merecem, podemos reduzir 25% a emissão das mudanças climáticas enquanto protegemos o fazendeiro, enquanto protege a biodiversidade, e enquanto protege a nossa saúde.

Apresentador: Culturas, como eles são cultivados atualmente, são extremamente vulneráveis a mudança climática. Cultivos orgânicos trazem estabilidade ao ecossistema.

Dr. Shiva (f): Uma questão final sobre a ligação entre o alimento e mudança climática. Sistemas que contribuem para a mudança climática também são mais vulneráveis a mudança climática. Se você tiver uma tempestade, você pode ter uma interrupção do inteiro suprimento de alimento. Se tivermos uma seca, se nosso solo são fertilizados com fertilizantes químicos, eles não agüentariam com a seca. É por isso que precisamos da biodiversidade, é por isso que precisamos do cultivo orgânico, ambos para reduzir nosso impacto na mudança climática e ser capaz de adaptar melhor. Mas a coisa mais maravilhosa é que simultaneamente resolve a crise de alimento.

Apresentador: Dra. Shiva é muito a favor das sementes tradicionais e alimentos locais. Ela acha que organismo geneticamente modificado desaponta o equilíbrio da natureza. Bacillus Tunringiensis (Bt) é uma forma de esporo de uma bactéria, os genes que tem sido introduzido em tais culturas como milho, batata, e algodão em nome de desviar os insetos.

Dr. Shiva (f): A toxina Bt é uma toxina. A cultura com a toxina Bt não é uma cultura que produz mais. É uma cultura que produz toxina. Culturas resistentes a toxinas são resistentes as herbicidas, portanto você pode borrifá-los com uma dose mais alta de glifosato. Isso é mais toxina nas nossas fazendas, não mais alimento. Hoje, não existe um único OMG (organismo geneticamente modificado) que tem produzido mais alimento do que culturas comparativas.

Dr. Shiva (f): Sementes de engenharia genética não estão resolvendo a fome. Não está trazendo prosperidade para nossos fazendeiros. E agricultura sem OGMs é uma agricultura pacífica. Livre de OGMs na agricultura é uma agricultura próspera. Agricultura livre de OGM é a única forma que a humanidade deve mover para o futuro.

Apresentador: Os efeitos prejudiciais da dieta a base da carne no nosso ambiente e em outros seres são enormes.

Dr. Shiva (f): Eu sou vegetariana. Apenas penso que é um gosto. Nós sabemos de todos os números que comer menos carne ou não comer carne cria um menor pegada no planeta.

Setenta por cento dos grãos alimentares de hoje não é comido pelos seres humanos, é comido pelos animais dos abatedouros. Poderíamos ajudar aqueles animais de pararem de ser torturados, e poderíamos guardar aqueles grãos para alimentar a fome.

Apresentador: Nossa Terra é muito única e é o único planeta que temos. Conscientização do seu atual estado frágil é a chave de tomar decisões certas para assegurar que o planeta esteja aqui para futuras gerações.

Dr. Shiva (f): Eu acho que cada um de nós temos um papel para desempenhar para proteger o planeta. Não estamos separados dele.  Somos uma parte dele. Somos suas crianças. Somos as crianças da Mãe Terra, Madre Terra. Em todas nossas culturas, nós temos visto a Terra como nossa mãe que tem nos nutrido. Precisamos lembrar novamente que esta mãe, nós temos esquecido, abusivamente negligenciado, poluído, está querendo nossos cuidados, querendo nosso abraço, querendo nossa atenção. Vamos dar a ela atenção em tudo que fazemos, que alimento comemos, como nós movemos, que carros dirigismos, como vivemos. Apresentador: Nossos sinceros agradecimentos a Dra. Shiva pelo seu persistente trabalho de conservação para promover a biodiversidade, cultivo orgânico, e um ambiente mais limpo. Que todos neste planeta sempre tenha o suficiente para comer através da agricultura sustentável e uma dieta livre de carne.

Gentis espectadores, obrigada por juntar-se conosco hoje em Boas Pessoas, Boas Obras. Nosso show é apresentado todos os domingos aqui na Supreme Master Television. Fique ligado para O Mundo ao Nosso Redor, logo a seguir Notícias de Destaque. Que o amor de Deus sempre esteja presente na sua vida.

Enviar isto aos amigos